Atividades Paralelas

MIMO homenageia “Mulheres poetas pelo mundo”

A tradicional Chuva de Poesia, um dos eventos mais festejados pelo público do MIMO Festival, fará este ano um tributo às grandes poetas, a partir da divulgação de obras de escritoras de diferentes épocas, estilos, vivências e nacionalidades.

Vinte e oito mil tiras de papéis coloridos voarão literalmente do alto das torres de igrejas das cidades históricas de Amarante (Portugal), Rio de Janeiro, Paraty e Olinda (Brasil), espalhando versos de algumas das mais expressivas autoras de todos os tempos deste gênero literário.

O público do MIMO terá a seu alcance nesta edição poemas das brasileiras Ana Cristina Cesar, Cecilia Meireles, Hilda Hilst e Maria do Carmo Ferreira, da portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen, da russa Marina Tsvietáieva, da norte-americana Emily Dickinson, da grega Safo, da indiana Madeviaca, além dos haikais de Chiyo-ni e Sono-jo, do Japão, e da Instapoet indiana radicada no Canadá Rupi Kaur.

Idealizado pelo poeta, artista gráfico e editor mineiro Guilherme Mansur, o evento ocupa desde 1993 as torres das igrejas de Ouro Preto e foi incorporado à programação do MIMO Festival. Nesta edição, a Chuva de Poesia tem a curadoria de Guilherme Mansur e de Carlos Bartilotti, profundo conhecedor de poesia e produtor cultural português que se associou ao MIMO Amarante.

O MIMO Festival oferece um prazeroso roteiro guiado pelas ruas da encantadora cidade de Amarante, considerada uma das mais belas do País. Do pacífico e fresco Rio Tâmega à magnífica Igreja de São Gonçalo, a caminhada percorrerá as verdejantes paisagens naturais e seus imponentes pontos históricos, revelando a memória, a cultura e o Património da cidade. Esta atividade é gratuita. (Encontro no Largo de São Gonçalo).

Ver Programação

Ver mais